homepage WUPJ Abertura E-Mail WUPJ
 HOMEQUEM SOMOSCONGREGAÇÕESEVENTOSPROJETOSEDUCAÇÃOCONTATOSNEWSLETTERSLINKS 

   Eventos

Conferências WUPJ LA
Conferências WUPJ
Encontros
   Guadalajara 2012
   Panamá 2010
   Córdoba 2009
   Joint Distribution
   Chile 2005
   36º. Congresso Mundial
   Buenos Aires 2005
Juventude


Encontros

Guadalajara 2012 – 13ª. Convenção organizada pela UJCL
    (União Judaica das Congregações da América Latina e Caribe) /
    participação delegação WUPJ-LA

Convenção reúne representantes de 16 países

A 13ª Convenção da União Judaica das Congregações da América Latina e Caribe (UJCL), realizada no final de janeiro em Guadalajara, no México, reuniu mais de 150 pessoas de 16 países, incluindo 20 rabinos, outros líderes religiosos e laicos, profissionais e voluntários de diversas organizações da região e também da Argentina, Brasil, Estados Unidos e Israel.

A UJCL é formada pelas principais instituições judaicas progressistas, liberais e conservativas de uma faixa que se estende desde a Colômbia, na América do Sul, até o México, na América do Norte, passando pela América Central e o Caribe. Além da WUPJ, participaram outras entidades, como o Joint Distribution Committee, Congresso Judaico Latino-Americano, B'nai B'rith, e Masorti Olami

Com o intuito de instigar o público à reflexão, os temas das principais palestras foram apresentados na forma de questionamentos: "As pequenas comunidades têm futuro?"; "O que fazer com os casamentos inter-religiosos?"; "Qual o sentido do diálogo inter-religioso?"; Como nos reconectamos com nossas fontes?"; "Existe um 'judaísmo latino-americano?"; e "Pluralismo em Israel. Mito ou realidade?".

A comitiva da WUPJ foi encabeçada pelo presidente, rabino Stephen Fuchs, e o vice, rabino Joel Oseran. Também marcaram presença os representantes do Yad B'Yad Task Force, que contribui com projetos da WUPJ na América Latina, Jerry Tanenbaum (chair), Stephen Breslauer e Stephen Olson.

A juventude da WUPJ foi representada pelo rabino Josh Lobel e pela rabina Elyse Goldstein, dos Estados Unidos; e por Yuval Nemirovsky, do movimento Netzer Olami/TaMar, em Israel.

Da WUPJ-LA estiveram presentes a presidente Miriam Vasserman; o vice presidente Raul Gottlieb; e a secretária-executiva, Berta Zylberstajn; além do rabino Dario Bialer e a vice presidente Teresa Roth, da ARI-RJ; o rabino Guido Cohen e Uriel Romano, da AIP de Buenos Aires; e os voluntários Erika Wolff e Hélio Zylberstajn. A 14ª Convenção da UJCL acontecerá em 2014, na Costa Rica, com organização da Congregação B'nei Israel.

topo da página

 

Panamá 2010 – 12ª. Convenção organizada pela UJCL
    (União Judaica das Congregações da América Latina e
    Caribe) / participaçãodelegação WUPJ-LA

Realizou-se na Cidade do Panamá, de 27 a 31 de janeiro de 2010, a décima segunda edição da convenção anual da União Judaica de Comunidades da América Latina e Caribe, a UJCL. Com o tema 'Construyendo comunidad en el Siglo XXI: Desafíos y Oportunidades', o encontro abordou questões como educação, juventude, diálogo interreligioso, tsedacá, Israel e a diáspora, e muito mais.

Entre as presenças estiveram Jorge Schuilman e Fabian Triskier, diretores para a América Latina do American Jewish Joint Distribution Committee (JDC); rabino Joel Oseran, vice-presidente de Desenvolvimento Internacional da WUPJ; Mirta Goldflus, presidente da regional latinoamericana do Internacional Council of Jewish Women (ICJW); Enrique Burbinsky, diretor do Hebrew Immigrant Aid Society (HIAS) para a América Latina; e Rony Steinitz, diretor para a América Latina da Agência Judaica de Israel.

Rabino Joshua Kullock – Diretor executivo da UJCL juntamente com o Rabino Gustavo Kraselnik, rabino da comunidade do Panamá estiveram no comando da comissão organizadora local.

Receberam sete diferentes rabinos do exterior. Na noite de sexta-feira, todos estes rabinos cantaram em conjunto, e sábado pela manhã eles ensinaram Torah partindo de diferentes perspectivas.

Na convenção, apresentaram o primeiro livro sobre a porção semanal da Torah escrito em espanhol nesta região, pelos cinco rabinos regionais.

Os números falaram por si só: 177 pessoas de 15 países, cada um trazendo a sua própria coloração, voz e conhecimento. Foi um número notável que tentarão melhorar na próxima convenção, que será realizada em Guadalajara, no México, em janeiro de 2012.

topo da página

Córdoba 2009 – 1º. Encontro do Conselho Executivo
    da World Union Latin America

Foi realizado em Córdoba, na Argentina, de 3 a 6 de dezembro de 2009, o 1º Encontro do Conselho Executivo da WUPJ Latin America. O evento, que contou com representantes de entidades argentinas, brasileiras, chilenas e panamenhas, teve ainda a participação dos rabinos: Marcelo Polakoff, Fabian Zaidemberg, Sebastian Vainstein e Joel Oseran, vice-presidente de Desenvolvimento Internacional da WUPJ e dos líderes religiosos Guershon Kwasniewski e Leo Kraselnik.

Entre as instituições participantes estavam integrantes da Fundación Judaica, Escola Comunitária Arlene Fern, Congregação NCI-EmanuEl, Sinagoga Libertad–CIRA, catorze congregações pertencentes à Asociación Israelita de las Pampas- AIP e Centro de Espiritualidade Judaica Mishkan, da Argentina; pelo Brasil, ARI, CIP e SIBRA; além da sinagoga Ruaj Ami, do Chile e Congregación Kol Shearith Israel, do Panamá, também representando a UJCL.

topo da página

 

WUPJ participa de encontro do Joint Distribution
    Committee na Argentina

Representantes do WUPJ também compuseram a delegação brasileira no 10º Encontro de Instituições e Dirigentes de Comunidades Judaicas da América Latina e o Caribe, organizado pelo Joint Distribution Committee, em Mar del Plata, na Argentina, em parceria com a Associação Mutual Israelita Argentina (Amia). Algumas apresentações foram acompanhadas por um público de aproximadamente 1400 pessoas.

A representante do WUPJ para a América Latina, Miriam Vasserman, esteve presente ao encontro e fez um balanço diante das dificuldades em atrair as pessoas para as atividades comunitárias. “Esse encontro foi um marco importante onde pude contemplar rabinos e líderes de diversas correntes religiosas e ideológicas no mesmo fórum. Acredito que só assim poderemos fortificar nossas comunidades, rompendo ‘as paredes’ que nos impedem o diálogo e o crescimento”, afirmou.

topo da página

 

Missão Chile 2005

Vale a pena salientar que o rabino Roberto Feldmann, da Congregação Yakar, programou uma agenda importante, que converteu a missão a Santiago em uma experiência extraordinária e inesquecível.

Cercada pela natureza, a congregação está localizada em um contexto chamado Villa Vida Natural. Lá, eles oferecem a seus membros um número diversificado de atividades físicas e espirituais, como anti-stress judô, taikon, reflexologia, sauna, etc, além dos habituais serviços religiosos.

Ao ar livre, sob uma árvore de nogueira, com uma bela vista dos Andes os membros da Yakar costumam comemorar o Shabat. Neste cenário Rabino Roberto Feldmann além dos serviços de Shabat celebra festividades judaicas durante o verão e a primavera.

Jerry Tanenbaum, presidente da Yad b’Yad Task Force, fez uma apresentação sobre o movimento e o trabalho que a WUPJ está realizando na região.

Também foram apresentadas sugestões para novos projetos para a força da comunidade local.

topo da página

 

Participação de representantes da WUPJ-LA no
    36º. Congresso Mundial da WZO – World Zionist Organization

A mais recente edição do Congresso Sionista Mundial foi realizada de 15 a 17 de junho em Jerusalém e contou com a presença de dois representantes da WUPJ-LA: o voluntário Eduardo Zylberstajn e Flávio Levi Moreira, diretor-financeiro da mesma entidade, e o rabino Guido Cohen, do Colegio Talmud de Buenos Aires. 

A primeira sessão plenária contou com os discursos de Kalman Sultanik, que falou em nome dos delegados veteranos do Congresso, e da juíza Tova Cohen Strasberg. Hagai Meirom, tesoureiro da WZO, e o rabino Asher Hirsch, fizeram uma pequena análise da gestão do Movimento desde a última edição do Congresso e, em seguida, homenagearam os líderes que mais se destacaram no mesmo período.

Foram citados o argentino Mordejay Dayan e Najum Shultz, que viveu durante anos no Uruguai. A segunda plenária contou com a apresentação ‘O sionismo: a visão de Herzl em constante renovação’, feita pelo professor da Universidade Hebraica de Jerusalém, Shlomo Avineri, enquanto a terceira foi dedicada às palavras de Tzipi Livni, membro do Knesset e atual líder do Kadima.

Clique aqui e leia o artigo ‘Os radicais democratas’, publicado na revista Shalom e de autoria de Zylberstajn e Levi Moreira, dois dos representantes da World Union América Latina, sobre esta edição do Congresso Sionista Mundial.

topo da página

 

Participação na reunião Masorti-WUPJ-Buenos Aires - 2005